SIGA A CÂMARA

Confira os pronunciamentos dos parlamentares na Sessão da Câmara realizada nesta semana


Data: 31/07/2015

A Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Pomerode foi aberta pelo Presidente do Legislativo, Amarildo da Silva, que cumprimentou os presentes, em especial aos visitantes, imprensa e ouvintes via online.

Patrolamento e a colocação de macadame 
A vereadora Letícia Tribéss Volkmann apresentou a Indicação nº 49/2015, que solicita ao Executivo providencie diversas melhorias para a comunidade. Segue as solicitações na íntegra: 
- Patrolamento e a colocação de macadame em vários trechos da Rua Alberto Klemann. Nesta rua faz-se necessário ainda que seja dada uma atenção especial às laterais da rua, especialmente onde há trechos de subida, fazendo-se necessária a colocação de tubos e bocas de lobo para o melhor escoamento das águas;
- Na entrada da Rua Afonso Koch faz-se necessário, de forma urgente que seja dada uma atenção à mesma. Já solicitado que fosse dada uma atenção ao início desta Rua na Indicação nº 32/2015 apresentada em maio de 2015 e até agora nenhuma providência foi tomada, sendo que as laterais a cada dia estão mais desgastadas, fazendo com que dois veículos, dependendo do seu porte, muitas vezes, não possam se cruzar.
“Os moradores de ambas as ruas encontram-se aguardando a pavimentação das mesmas, sendo que inclusive a Rua Afonso Koch já se encontrava na relação do Executivo, sendo que até o momento as obras não iniciaram”, justificou a parlamentar.

Convênios
Em seu discurso, o vereador Claus apresentou alguns números que obteve do Executivo Municipal e frisou que todos foram pegos de surpresa, em relação à Rua Espírito Santo. “Por isso, estou apresentando algumas informações referentes às pavimentações, que foram feitas com recursos próprios. Tem algumas ruas que foram iniciadas e até o momento não foram finalizadas, em virtude da ausência de pagamento. Pela informação que recebi, a Prefeitura tem até cinco anos para isso”, disse. A apresentação consta no link “Arquivo para Download”, abaixo desta publicação.
O vereador Claus disse que o que lhe chamou a atenção em relação à lista apresentada, é que nos anos de 2018 até 2012 sempre teve alguma obra. “Em 2013 eu não sei se a Prefeitura estava em recesso, mas não se constatou nada. Esta equipe técnica que foi montada não apresentou nada. E mostro mais uma prova disso. E questiono, será que somos os culpados por não trazerem nenhum dinheiro para a nossa cidade? Já falamos várias vezes que estes projetos feitos agora deveriam ter sido elaborados em 2013 para então, já se buscar verbas. E não agora praticamente no final do terceiro ano de mandato. Em 2014, não posso afirmar, mas acho que era algo que já estava firmado, em relação somente à Rua Alberto Spredemann, onde os moradores arcarão com as calçadas. Então, como se vê nestes dados, a gestão anterior fez por merecer. Não sou eu que estou dizendo, mas os documentos que aqui apontei. Tem algumas que não foram finalizadas, mas acredito que tenha sido em virtude da liberação de verba por parte da Caixa Econômica Federal”, falou. O vereador Claus disse querer deixar clara as apresentações destes recursos, e que agora serão as ruas Waldo Struck, George Rauh e Ana Utpadel. “Vejo que se faz é terceirização. Uma empresa como a Samil, onde se gastou em 2014, o valor de R$ 1.784.000,00. Eu quero ver uma obra feita. A Rua Alberto Spredemann é uma rua totalmente a parte. Onde estão as obras? Eu estou citando apenas uma empresa. Depois tem a Empresa Âncora, que parece ser a mesma. Agora em 2015 são R$ 533 mil gastos. Onde estão estas obras que não consigo localizar? Para que tanta terceirização. Em outras cidades estamos vendo cortes e aqui onde é que isto vai parar. E, para a minha surpresa ontem passando em frente à Prefeitura, havia cinco ou seis agentes de trânsito pintando uma faixa de pedestres. Isso é lamentável. Se terceiriza tanta coisa, mas não o que se realmente precisa”, concluiu. 

Ciclovias
A vereadora Karin Hoeft apresentou a Indicação nº 50/2015, que solicita ao Executivo a retirada de meio fio nas ciclovias e sinalização das mesmas, por meio de tachões / repintura das ciclovias em diversos trechos. “As ciclovias em nosso município são, em alguns trechos, delimitadas por meio fio muito alto, o que faz com que, muitas vezes, o ciclista tenha dificuldade em se deslocar da ciclovia para a rua e vice-versa. Tal dificuldade pode, inclusive, ocasionar acidente ao ciclista. Assim, a fim de resolver o problema em questão, solicito a realização de obras no sentido de se retirar o meio fio na ciclovia e instalar sinalização nas ciclovias por meio de tachões. Por fim, solicito, ainda, que o Executivo Municipal refaça a pintura das ciclovias de nosso Município em diversos trechos em que a pintura já se esvaneceu. Ressalto que a pintura da ciclovia auxilia no deslocamento do ciclista e, consequentemente, em sua segurança”, justificou.

Motoristas e colonos
Em seu discurso, a vereadora Karin Hoeft parabenizou os motoristas e colonos da cidade, pela passagem de seu dia, na data de 25 de julho. “A estes heróis que proporcionam o progresso do nosso município, Estado e país. Boa parte dos alimentos que vai para a nossa mesa tem origem no trabalho de agricultores familiares. Os colonos são responsáveis por colocar na nossa mesa sete entre 10 alimentos que consumimos todos os dias. A agricultura familiar também tem espaço de destaque na preservação ambiental. Esse tipo de agricultura presta serviços relevantes, como a manutenção das reservas legais e das áreas de proteção permanente e a preservação de nascentes e recursos hídricos, serviços estes que agora começam inclusive a ser remunerados, em face das ameaças do aquecimento global e seus impactos climáticos. Porém, para que diariamente esses alimentos possam chegar a nossa mesa o colono conta com a disposição e o árduo trabalho dos motoristas que cruzam o Brasil de norte a sul, levando em sua carroceria muito mais do que mercadorias. Levam a riqueza do trabalho da nossa gente. Nem bem o dia amanhece e nossos agricultores e caminhoneiros já estão de pé. Mal tomam o seu café e já estão prontos para lidar com o trabalho. Faça sol ou chuva lá estão os nossos heróis, o orgulho de nossa cidade, de nosso Estado, de nosso País, que não deixam faltar o alimento na mesa da população. Na estrada ou no campo Deus proteja a todos os agricultores e motoristas. Parabéns.”, homenageou a parlamentar.  

Reforma do Regimento Interno
A vereadora Karin, como presidente da Comissão Parlamentar Especial para estudos da Reforma do Regimento Interno, onde também fazem parte os vereadores Claus Krahn como relator e Marcos Dallmann como membro, solicitou e também lembrou aos vereadores e funcionários da Casa, que apresentem suas devidas sugestões para mudanças de artigos até as datas sugeridas, conforme segue: 
- Art. 1 até Art. 130 - apresentar as alterações / sugestões para a Comissão até sexta-feira, dia 31/07/2015.
- Art. 131 até 223 - apresentar as alterações / sugestões para a Comissão até o dia 14/08/2015. 
“Certos que seremos atendidos, pois é uma grande oportunidade de estarmos adequando nosso regimento interno aos moldes atuais. Portanto, pedimos que façam este esforço para que possamos deixar de forma bem atualizada e ter assim um Regimento Interno eficiente para os próximos anos. Precisamos tornar nossas sessões mais objetivas e dinâmicas, e por isso peço e conto com o apoio de todos”, frisou. 

Retorno das aulas e reformas
Para finalizar, a parlamentar desejou aos professores, funcionários e alunos das escolas do município um excelente retorno para o 2º semestre letivo, que inicia na segunda-feira, dia 03 de agosto. “Que possamos construir juntos uma Pomerode cada vez melhor, que a crise imposta por toda situação de nosso país não nos deixe abalar e que façamos sim, cada dia especial. Aos alunos, professores e funcionários da EEBM Prof. Vidal Ferreira que estarão retornando à escola reformada e ampliada. Visitei e constatei que a Unidade ficou ampla e muito bonita. Encontrei professores, funcionários, Secretaria de Educação e os próprios operários da obra trabalhando muito para deixar tudo em ordem até o início das aulas, na segunda-feira, dia 03/08. Esta melhoria é uma prova de que é possível fazer uma boa reforma em uma estrutura comprometida. Por isso, solicito mais uma vez ao Executivo, que repense com carinho toda a questão referente ao prédio interditado onde se localizava a Unidade de Saúde do centro”, manifestou a vereadora.

Samae
O vereador Rafael Pfuetzenreiter apresentou a Indicação nº 51/2015, que solicita diversas melhorias para a comunidade. “Conforme reclamação da comunidade tornou-se recorrente em nosso Município a falta de água nas residências, em especial nos finais de semana. De acordo com informações repassadas por moradores pomerodenses que reclamaram para o SAMAE, instituição vinculada à Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento da Cidade e responsável pelo tratamento da água em Pomerode, esta alega como justificativa para a falta de água os seguintes pontos: Consumo de água excessivo e anormal pela população pomerodense nos finais de semana; Pressão baixa da água, o que impede que a mesma chegue a determinadas localidades; Problemas de abastecimento de água em determinado bairro de Pomerode, o que fez com que houve a destinação de água para abastecer o referido bairro em detrimento dos demais que passaram a ter dificuldades no abastecimento de água. Em razão da importância da água na vida de todos nós e a fim de buscar uma solução para o problema de abastecimento de água em Pomerode, solicito a prestação das seguintes informações por parte do SAME: Seja formalmente informado os motivos desencadearam o problema de abastecimento de água em Pomerode; Seja informado quais as medidas a serem tomadas para se solucionar a falta de abastecimento de água; Seja informado sobre a possibilidade de o SAMAE poder realizar as medidas para solucionar o problema em questão. Caso contrário, que sejam informados os motivos por que o SAMAE encontra-se impossibilitado de adotar as referidas medidas”, concluiu.

SAMU
Em seu discurso, o vereador Rafael Pfuetzenreiter também falou sobre o atendimento do SAMU que pretende ser centralizado em Florianópolis, pelo governador de Santa Catarina. “É uma medida que considero um total desrespeito, com todos nós catarinenses, pois com saúde não se brinca. Atualmente, o SAMU é dividido por macrorregiões de urgência, objetivando atender qualquer situação de urgência dentro da região. Para o transporte de pacientes com problemas graves, o conhecimento geográfico é essencial em um Estado com muitas regiões interioranas. Principalmente como em Pomerode. Hoje, o SAMU conta com oito centrais e um número maior de profissionais. E ainda assim, muitas vezes o cidadão aguarda para ser atendido. Com a diminuição das linhas e de profissionais a situação, de certa forma, tenderá a piorar. A proposta do governo estadual é diminuir todas as centrais e centralizá-las em uma única central, em Florianópolis, com o objetivo de cortar custos. Cortar recursos destes atendimentos que hoje, já são macrorregionalizados. Com tudo, os cortes de recursos serão insignificantes perto dos prejuízos para a população. Haverá maior demora no atendimento da população, podendo acarretar em graves problemas de saúde e até a morte. Isso é algo que já divulguei nas redes sociais e acredito que seja algo que vai de encontro ao que temos em Pomerode e na maioria das regiões de Santa Catarina. Temos que batalhar contra, pois temos o exemplo do 190, que é macrorregionalizado e tem Blumenau e mais cinco ou seis municípios atendidos e que atrasa o atendimento. Numa cidade como Pomerode, com muitos nomes germânicos, o que causa na demora na identificação dos nomes, independente se seja em relação a acidente de trânsito ou violência. Solicito mais uma moção de repudio ao Estado para que esta centralização não ocorra. Já existem também muitas mobilizações em relação a isso nas redes sociais. Vemos as reduções de custos acontecendo nas necessidades básicas da população e nunca vemos uma redução de custos em cargos comissionados e acordos entre partidos. Este é um assunto que levanto para que cada um faça a sua parte e vote contra esta centralização do SAMU em Florianópolis”, concluiu. 

Abrigamento de Animais I
O vereador Rafael Pfuetzenreiter falou sobre o abandono e maus tratos de animais. “Falo da construção reformada pela Prefeitura desde o ano passado e que ainda não foi inaugurada. No fim de semana vi algumas fotos chocantes deste local, que me surpreendeu. Há algumas semanas, eu e as vereadoras Letícia e Karin apresentamos um Requerimento solicitando informações sobre esta Casa. Este Abrigamento de Animais que já foi até nomeado pelos vereadores Nelson Fischer e Marcos Dallmann, mas desde novembro de 2014 não se tem uma resposta do que acontecerá naquele local”. O vereador apresentou fotos do local, registradas por alguns moradores da localidade, em relação ao empreendimento, que teve um custo de R$ 170 mil e que não se sabe qual será o destino e, se dará certo. “Vemos uma total depredação do local, com arrombamento e, segundo as pessoas que residem próximo, também houve um furto de tanque de inox. A AMA Bichos e outras pessoas denunciaram que um indivíduo jogou um animal ali dentro e ficou preso sem alimento e carinho, morrendo de forma tão cruel. Ainda assim, sabendo disso, a Prefeitura não tomou providências em relação ao assunto. Na foto mostrada, somente restos dos animais que ficou preso dentro deste local, sem os devidos cuidados”, relatou.  “Além do dinheiro que já foi gasto, mais uma vez verba para manter e restaurar o local, onde nós e a comunidade não sabemos se será bom para a cidade. Sabemos que alguns moradores não concordam com a forma que está sendo direcionado este projeto e tem-se a chance deste Abrigamento deixar de ser temporário e sim um simples matadouro de animais, abandonados por pessoas que não possuem coração, e que residem em nossa Pomerode. Uma cena destas só não é mais absurda do que o individuo que jogou este animal no local abandonado. Fiz mais um ofício de meu gabinete pedindo para que antes que se faça mais uma besteira, o Executivo responda qual será a possibilidade de fazer um convênio e com a AMA Bichos, que é a única que ainda trabalha com recursos próprios para evitar os maus tratos de animais. Neste oficio eu questiono se haveria a possibilidade e alocar este Abrigamento para esta entidade, para que se fizesse um contrato e plano de mutirão de castração dentro da cidade. Com a implantação de microchips já discutidos em outras gestões”, terminou.  

Abrigamento de Animais II
Em seu discurso, o vereador Marcos Dallmann falou que em relação ao Abrigamento de Animais, no dia seguinte ao da Sessão seria realizada uma reunião e que o vereador Fitzen estaria convidado para participar, com o objetivo de tratar sobre o assunto e apresentar uma resposta nesse sentido, na próxima sessão.

Precatório
O vereador Marcos Dallmann disse que verá o teor de assunto sobre precatórios, ver a parte legal e se poderia ter sido negociado. “Como o vereador Claus Krahn, por diversas vezes afirmou em seus pronunciamentos que poderia parcelar o precatório, mas preferem pagar agora e usar como desculpas, convido o mesmo para participar na conversa como o procurador geral do município para lhe dar a fonte, de onde ele tem a solução do problema chamado precatório. É um valor público que precisa ser analisada e de onde veio a fonte. Posso levantar qualquer situação para fazer polêmica, mas precisamos mostrar de onde surgiu o problema e uma possível solução”, disse.

Pavimentações
O vereador Marcos Dallmann se disse preocupado em relação às pavimentações que serão cobradas. “Muitos moradores destas ruas, como os da Rua Espírito Santo não sabem desta informação. Temos que ver de forma este problema será solucionado”, falou.  

AVIP
O vereador Marcos Dallmann parabenizou a AVIP pelo trabalho realizado na organização do Festival Gastronômico, e à Secretaria de Turismo, dizendo esperar que ambos trabalhem em conjunto pelo bem da cidade. “O espaço foi maior e, mesmo assim, esteve lotado. Muita gente de fora prestigiando a nossa cidade. O nosso município tem um potencial muito grande e precisamos saber explorá-lo. Parabéns e esperamos que sempre trabalhem em parceria, pois o retorno é para a nossa cidade, gerando impostos para a nossa Pomerode. Vejo que é investimento e não despesa. Mais uma vez, parabéns para todos os envolvidos. Na reunião da AMMVI e em colunas de jornais regionais também foram mencionados este evento e o potencial que tem para a nossa cidade”, relatou.

Encontro
O vereador Marcos Dallmann informou sobre o Encontro de Agentes de Desenvolvimento de Santa Catarina realizado em Pomerode. “Há poucos dias este evento foi realizado em Florianópolis e agora foi realizado em Pomerode. Participaram diversas cidades. Parabéns à Cheila, por meio do SINE, que organizou este encontro que teve a participação de secretários de planejamento e da fazenda de diversas cidades, que vieram ver o trabalho desenvolvido na cidade. O microempreendedor individual tem feito grande diferença na questão empresarial e, para o retorno do município. Apesar da crise, é uma potência muito grande, se somarmos todos. Mas, quando se tem crise se precisa trabalhar para que haja soluções. Como um empresário me disse: Quando houve a crise econômica na Europa foi quando se mais trabalhou. Pois é quando se trabalha que conseguimos vencê-la. Então, parabéns a esta equipe para o desenvolvimento do microempreendedor da nossa cidade e de toda a nossa região”, concluiu.

Clube Sênior
O vereador Marcos Dallmann parabenizou o Grupo Sênior pela realização da Festa do Colono e aproveitou para parabenizar os Colonos e Motorista na passagem de seu dia, que foi na data de 25 de julho. “Quem mais além destes que contribuem para o desenvolvimento do estado e país. Parabéns para eles que sempre serão lembrados”, frisou.

Visita à Florianópolis
O vereador Marcos Dallmann comunicou a sua visita e a do vereador Aldino Oldenburg à Florianópolis onde disse ter visitado diversos deputados, como Jean Kullmann, Ana Paula Lima e o vice-presidente da ALESC, Aldo Schneider. “Tratamos sobre vários assuntos de interesse, como a segurança pública e a saúde. Ficamos sabendo de veículos que não estão sendo mais utilizados pelo estado e que estão sendo redirecionados para os municípios. Então, pensei, porque não para Pomerode? Mesmo sendo usado, parece que são dois, podem ser de grande utilidade para o Município ou até mesmo para um leilão, sendo revertido em verba para a nossa cidade”, comunicou.

Rede de Ensino Municipal
O vereador Marcos Dallmann falou sobre a nova estrutura da Escola Vidal Ferreira e parabenizou a Secretaria de Educação pelo trabalho que está realizando não só nesta escola como em toda a rede pública da cidade. “Principalmente na questão de adequar a rede elétrica, pois muitas salas de aula foram climatizadas e a fiação era antiga. Assim, como nos ginásios, felizmente está se fazendo um grande trabalho na educação do Município. Parabéns à secretária Joana, que vem realizando um grande trabalho com as instituições de nossa cidade. Quero por fim, ressaltar que precisamos tomar cuidado com as cobranças, para que não se tenha uma imagem negativa uns dos outros, e para que não haja uma ofensa pessoal entre os parlamentares”, terminou. 

AVIP
Em seu pronunciamento, o vereador Horst Lemke apresentou um assunto dizendo já ter sido levantado pelo vereador Marcos Dallmann, que foi a apresentação da Prestação de Contas do Festival Gastronômico de Pomerode. “Após dez dias o material foi apresentado aqui nesta Casa. Quero dar os parabéns pela competência na qual conduziram este Festival e pela agilidade na apresentação da Prestação de Contas. A cada ano se torna mais forte no nosso município este Festival. Gostaria de dizer que as receitas foram R$ 375.280,00 e as despesas foram R$ 326.189,00. O que gerou um lucro de R$ 49.091,00. Parabéns mais uma vez pelo excelente trabalho”, concluiu. 

Obras
O vereador Host Lemke fez um alerta em relação às publicações sobre as obras da cidade. O vereador leu matéria do Executivo que consta que a Rua Rio da Luz integra o cronograma das obras da Prefeitura. “Porém, esta rua está localizada em Jaraguá do Sul. Eu constatei que provavelmente o trabalho tenha sido feito em Testo Alto e não neste local”, disse. 

Fundação Cultural
O vereador Horst Lemke, falou que, segundo informações, houve a apresentação do grupo de trabalho da Fundação Cultural e, até o momento não houve o repasse por parte do Executivo. O vereador Horst informou que fará um oficio para questionar o atraso neste repasse para a Fundação. “Acho interessante que façamos um convite para o presidente da Fundação para nos esclarecer a real situação”, disse. 

Agricultura
O vereador Horst solicitou o comparecimento do secretário de Agricultura para esclarecer sobre o assunto levantado pelo vereador Claus na Tribuna, para ver se confere o tema abordado.

Farra das diárias
O vereador Horst comunicou que recebeu a informação de que o SBT estaria em Pomerode e que o assunto seria o Posto de Saúde desativado e as diárias do Executivo. “O vereador Claus me ligou informando que já teria dado uma entrevista. Mais uma vez todos falando que não tem dinheiro, que campeonatos municipais e joguinhos não irão sair. Não sei se está confirmado. E, todos falam que vereadores não deixam o prefeito trabalhar, mas quando é capa de jornal, um gasto de quase meio milhão de reais, ninguém fala nada. Aí o vereador não tem culpa. Vamos pedir um levantamento para saber onde este dinheiro foi gasto. Como o vereador Aldino falou que têm que ser feito o pagamento de precatórios, com este dinheiro, bastantes ruas poderiam ser pavimentadas. Quando o assunto é Câmara de Vereadores, então dizem que não deixamos o prefeito trabalhar. Se nós não deixássemos, a primeira coisa que seria cortada é esta farra das diárias. Mas, é uma questão lá da Prefeitura, pois o dinheiro está no orçamento e eles gastam com diárias. Mas, o que estou dizendo é que tem dinheiro para o esporte, saúde, saúde e pavimentação. É só utilizar os recursos de forma correta. O mesmo exemplo é em relação ao Posto de Saúde do centro, onde apenas notificaram a imprensa e nem projeto veio a esta Casa. No papel não existe nada, apenas informaram o interesse em fazer uma permuta. Então, vamos começar a parar com esta ideia de que tiramos o dinheiro do orçamento e não deixamos o prefeito trabalhar. Quando houve um investimento para o abrigamento de animais se soubéssemos que este prédio ficaria parado, com certeza não deixaríamos que isso acontecesse. Aqui não tem ninguém que diga o que o prefeito pode ou não pode fazer. Os vereadores analisam sim os projetos e os aprovam se estiverem dentro da lei e se forem em benefício da comunidade. No total, 97% dos projetos tiveram aprovação nesta Casa. Então, quando falarem que nós não deixamos o prefeito trabalhar, peçam para que façam o seu trabalho e que vistam a camiseta para o bem da cidade. Gostaria de dizer que jamais votarei contra o que for bom para o Município. O que for bom para a cidade, eu votarei a favor”, terminou. 

Melhorias para a comunidade
A vereadora Karin Hoeft assumiu os trabalhos para que o vereador Amarildo pudesse fazer o seu pronunciamento. “Apresento a pedido da comunidade algumas indicações que farei depois para o Executivo. Moradores da Rua Ribeirão Areia, nas proximidades da Escola Duque de Caxias, solicitam a colocação de tubos, pois a rede de esgoto corre a céu aberto e é uma situação precária. Já fiz indicação, assim como outros vereadores. Moradores da Rua Paulo Maske, em Testo Alto, solicitam o patrolamento e a macadamização. E, se houver a possibilidade de colocar um calçamento nesta rua, visto que é um trecho pequeno, mas tem um declive elevado e com chuvas acabam causando erosões. Na Rua Erwin Scheiwe, necessita de pavimentação e a sua base está pronta e precisa de melhoria. Também a pedido dos pais, nas proximidades da Escola Almirante Barroso, em Testo Rega, solicito a execução de calçada, para garantir a segurança dos alunos. E, mais uma vez, solicito à Secretaria de Obras e à Defesa Civil, pois o desespero dos moradores que vivem entre as ruas Augusto Krueger e Otto Behling é grande. Neste bairro, Testo Rega, o ribeirão mudou seu curso e precisa de desassoreamento. Tem uma casa que está quase sendo invadida pela água. Inclusive já fui duas vezes com o secretario de Obras visitar. Sei que o Executivo esteve lá e nenhuma ação ainda foi tomada. Na Rua Emil Hornburg, em Testo Alto, os moradores solicitam o calçamento e pleiteiam esta melhoria, pois tem um cemitério no final da rua e o transito é muito intenso”, concluiu.

Polícia Militar
O vereador Amarildo parabenizou o trabalho realizado pela Polícia Militar de Pomerode. “Eu e os vereadores Claus e Fitzen acompanhamos os exercícios realizados pela Corporação, que realizaram diversos treinamentos com policiais do município e da região. Parabenizo o Tenente Cristofer Tiemann pelos treinamentos, sendo muito importante, pois em qualquer atividade é necessária de qualificação”, disse.

Pavimentação
O vereador Amarildo solicitou a pedido dos moradores da Rua Ricardo Krueger, e Testo Rega, alegando estar ansiosos pela conclusão da obra na Rua Alberto Spredemann. “Hoje de tarde eu e o vereador Claus visitamos o local e, esperamos que a base esteja preparada. Acredito que amanhã, se o tempo estiver bom, a pavimentação estará feia. Queremos que fique um trabalho bem feito. Após, seria iniciada a obra na Rua Ricardo Krueger, já que é um convênio com a Fundam”, falou. 

Festa do Colono 
O vereador Amarildo informou que esteve presente na Festa do Colono. “Eu, que já fui agricultor, e sei que é de lá que vem o nosso alimento, temos que respeitar esta classe. Parabenizo o Clube Sênior pela organização”, disse. 

Capela Mortuária
O vereador Amarildo, através de um documento protocolado do presidente da Associação do Bairro Testo Rega, Sr. Evanir da Costa, solicitou o apoio da Casa, para pleitear junto o Executivo, a construção de uma capela mortuária junto ao Cemitério Municipal. “Faremos então, mais um requerimento para que esta obra aconteça em nosso cemitério Municipal”, disse. 

Pommern Heim 
O vereador Amarildo da Silva esteve em visita ao Pommern Heim, sendo recebido pelo diretor Financeiro Jeferson Fragoso, na sexta-feira (24/07).
O vereador disse que percorreu as instalações da Entidade para verificar as melhorias e necessidades que precisam ser feitas. “Dentre as obras, a construção de uma trilha para caminhada, a troca do toldo da entrada e a realização de drenagem para evitar o acúmulo de água no jardim. O diretor salientou que o Centro apresenta um gasto mensal alto e que o auxílio de doações pela comunidade é muito importante para o local. Que a Casa já recebeu a primeira parcela da subvenção do Município, aprovada pelo Legislativo, sendo que estão aguardando a segunda. A diretoria realiza um trabalho voluntário e o Centro conta atualmente com 41 hospedes e 30 funcionários, tais como médico, enfermeiro, nutricionista, cozinheiro, técnico em enfermagem, jardineiro, fisioterapeuta, dentre outros. Todos os profissionais exigidos pela legislação. E é gratificante ver o trabalho realizado, pois não visa lucro nenhum. A administração realiza um trabalho voluntário o que é muito gratificante. Quem quiser deve entrar em contato com a instituição. Não esquecendo que é uma responsabilidade, e deve se cumprir com o compromisso assumido. É importante que conheçam o local e sintam o carinho e o cuidado que todos têm. Os idosos merecem o carinho e atenção de todos nós. Quem tiver interesse em conhecer, se tornar um voluntário e/ou contribuir com a Casa, podem entrar em contato através do número (47) 3395-0023 ou 40-84, ou procurar a instituição no endereço, Rua Progresso, nº 578, Bairro Testo Alto, em Pomerode”, concluiu.

Convite
O vereador Amarildo aproveitou a oportunidade para convidar que, em Pomerode Fundos, na Sociedade 1º de Maio, no dia 01 de agosto, às 9h, acontecerá o programa A Voz da Comunidade. “Então, fica o convite para todos. Nós, vereadores, estaremos presente, assim como as demais autoridades do Município”, concluiu. 


Arquivos


Fotos