SIGA A CÂMARA

Confira o pronunciamento da Vereadora Karin na Sessão do dia 06


Data: 09/05/2014

Na Sessão da Câmara realizada no dia 06 de maio, a Vereadora Karin Hoeft abordou sobre as arrecadações de impostos, conforme segue: A presidenta Dilma Rousseff assinou no dia 25 de abril de 2014 a medida provisória que reajusta a tabela do Imposto de Renda (IR) em 4,5%. Ela também assinou dois decretos que aumentam impostos - para bebidas e para compras com cartão de crédito no exterior. Os textos foram publicados no Diário Oficial da União, na segunda-feira dia 28 de abril de 2014. Com a correção, que atinge todas as faixas de rendimento, a faixa de isenção do IR subiu de R$ 1.499,15 para R$ 1.566,61 por mês. A medida provisória estabelece ainda uma política fixa de reajustes até 2015, com base no centro da meta de inflação. Em relação aos aumentos de impostos, o primeiro decreto eleva de 2,38% para 6,38% o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) das compras com cartão de crédito no exterior. Outro decreto aumenta o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o PIS e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) para a água mineral, o refrigerante e a cerveja. O texto corrige os preços de referência que servem de base de cálculo para esses tributos. A Casa Civil não divulgou o aumento dos impostos para as bebidas, mas o secretário da Receita estimou entre 10% e 15% o aumento dos preços de referência. Ele, no entanto, disse que, não necessariamente, haverá repasse total dos impostos maiores para os preços finais. A cada dia mais e mais brasileiros pagam o imposto de renda, e não veem nenhuma mudança nos serviços básicos de educação e saúde, nada muda. A arrecadação é recorde, mas vivemos no país mais caro do mundo, com os impostos mais caros, e com os serviços básicos destinados ao cidadão, mais precário. Pasmem os senhores, mas conseguimos, em relação à saúde, ficar atrás de países bem menores e pobres, na educação nem é bom falar. Os salários dos professores estão defasados, as escolas em ruinas, desvirtuam o ensino, sem nenhuma qualidade. Para que fique claro como não investimos em educação o suficiente, existe um Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) onde é uma prova aplicada pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) para medir o nível de habilidades de estudantes de diferentes países em três áreas do conhecimento: matemática, leitura e ciência. O exame ocorre a cada três anos para alunos na faixa etária dos 15 anos. Apesar de não ser um país-membro da OCDE, o Brasil participa do Pisa desde 2000. Em 2012, 65 países participaram do Pisa. Em matemática, o Brasil ficou em 58º lugar no ranking, com 391 pontos.  Na prova de leitura, a média do país foi de 410 pontos, o que levou à 55º posição. Em ciência, o país ocupa a 59º posição no ranking, com 405 pontos. De 65 países ficamos em 58º em matemática, 55º em leitura, e 59º em ciências, essa é a vergonha que estampamos diariamente em muitas escolas. Consigo ainda ficar feliz, porque em nossa cidade ainda somos exceção temos qualidade no ensino publico, muito disso pelo esforço dos profissionais da ed
ucação que não medem forças para ver seus alunos evoluindo a cada dia. É triste termos uma arrecadação gigantesca, crescente a cada ano, com aumento de impostos a cada ano, e não ter educação e saúde de qualidade, e quando se fala em qualidade nem se quer dizer em nível de excelência, mas podemos comparar a um passado não tão distante.

Nos anos da década de 90, mesmo em meio a uma crise financeira, tínhamos um ensino de qualidade, hoje em meio a arrecadações recordes e crescimento econômico, temos o sucateamento de hospitais e escolas.

3ªs Jogos Paradesportivos Escolares

Para finalizar o seu pronunciamento, Karin Hoeft deixou registrado o evento dos 3ªs Jogos Paradesportivos Escolares de Pomerode (PARAJEP), que aconteceu no último dia 24 de abril, no Complexo Esportivo Municipal. “Os alunos da nossa rede municipal de ensino e da região como Blumenau, Timbó, Benedito Novo e Jaraguá do Sul participaram deste avento. A coordenação foi feita pela professora Ilsani Batista com o apoio da Funpeel. Foi um dia de muita aprendizagem e reflexão onde alunos com dificuldades de visão, audição, física e intelectual se fizeram presentes. Alunos que com sua sensibilidade demonstraram a sua capacidade em praticar a atividade física, mostrando suas capacidades e sua alegria durante as competições, independente do resultado obtido”, disse. A Vereadora mencionou que foi uma verdadeira lição de vida e agradeceu imensamente a oportunidade de vivenciar o momento. “Parabéns aos organizadores Ilsani, Selvino, equipe de Atletismo Wilmar Wailatti, Odair dos Santos e demais da equipe de apoio, por fazer do esporte uma oportunidade de estar estimulando a prática esportiva para alunos com deficiência e promovendo a inclusão e valorização social”, concluiu.

Punhobol
E ainda, a Vereadora Karin agradeceu a oportunidade de poder acompanhar no sábado, dia 26 de abril, as equipes masculinas de Punhobol de Pomerode, Mirim, Infanto e Juvenil na cidade de São Bento do Sul, na 1ª Etapa Estadual de Punhobol. “Pomerode faz um trabalho fantástico na modalidade e naquele final de semana descobri o porquê. A Professora Maristela Siewerdt e seu companheiro, futuro marido, Egon são amantes da modalidade. Egon acompanha a namorada e o faz por amor ao esporte. Não recebe financeiramente pelos treinos, mas sua dedicação a esta modalidade impressiona. Logo no domingo pela manhã, no dia  27 de abril,  marcou treino para dar continuidade aos trabalhos, pois neste último final de semana (03 e 04 de maio), estiveram em competição na Copa Guarani, em Blumenau. A eles, Maristela e Egon, a nossa gratidão pelo diferencial no trabalho feito com nossos jovens de Pomerode, nosso reconhecimento, nosso ‘Muito Obrigado’”, concluiu.

 

Arquivos


Fotos