SIGA A CÂMARA

Vereador Claus Krahn abordou o tema Fundação Cultural durante Sessão Ordinária


Data: 11/07/2014

Fundação Cultural
O Vereador Claus Krahn falou em seu discurso sobre a reunião realizada com a Fundação Cultural e o Executivo, na Câmara de Vereadores. Disse que no ano passado, algumas pessoas falaram que os vereadores estariam terminando com a cultura local. “Podemos dizer que os últimos acontecimentos da Fundação devem vir a público e que nós não somos os responsáveis pela situação em que a mesma se encontra. Mais uma vez, estamos cobrando uma solução por parte do Executivo, que acerte todas as pendências que existem. A Fundação foi deixada de lado. Foi falado na reunião, que erros acontecem, mas tem coisas que não podemos admitir. A Fundação, a cada dia, se endivida mais e o Executivo terá que dar uma solução para esta crise. Pela quantidade de dinheiro que a Fundação já trouxe para a cidade, não podemos deixá-la morrer. Com o nosso teatro e  com eventos realizados. Na situação em que está, nós e a comunidade perdemos com isso”, relatou.

Clubes de Caça e Tiro 
Claus Krahn também se lembrou de uma reunião realizada no Clube 25 de Julho, onde foi falado sobre repasse para os Clubes de Caça e Tiro. “Então, peço que o Executivo promova um encontro para que todos juntos possamos explicar o impedimento atual de repasses. Estamos sendo cobrados então, precisamos explicar a real situação do que está acontecendo”, frisou. 

Pommerheim
Na tribuna, o Vereador Claus Krahn falou em relação ao Centro de Convivência Pommerheim. Disse parecer uma novela a espera do Centro pelo repasse de verbas. “Não sei se foi erro de projeto, mas quem tem que resolver é o Executivo. Não podemos levar meio ano para tomar uma decisão. Como esta entidade recebia todo ano um repasse, não podemos deixá-la com a ausência deste valor”, disse. 

Copa
O Vereador Claus também falou um pouco sobre a Copa. “A corrupção e venda de ingressos me deixou muito triste. Pelo que li o objetivo é lavagem de dinheiro. Isso é muito triste, pois quando pensamos em FIFA, achamos que é correta, mas agora vemos que não é bem assim. Não é só no Brasil, em outros locais acontece também. Tinha um respeito enorme pela FIFA, mas agora com estas acusações, já não sei mais. Espero que seja devidamente investigado o que aconteceu”, criticou.

Agentes Comunitários 
Por fim, o Vereador Claus falou sobre os Agentes Comunitários. Que nas próximas semanas um requerimento deverá ser discutido, e que espera que após se possa realizar uma reunião no Ribeirão Areia e ver a possibilidade de um aumento para a categoria. “Esperamos que o Executivo possa fazer algo pelos agentes de nossa cidade, fazendo um reajuste salarial, conforme a possibilidade dos nossos cofres públicos”, disse. 

Arquivos


Fotos